segunda-feira, 26 de abril de 2010

Entrevista Exclusiva. Uma promessa rumo ao Mundial de Escalada 2010.

Bruno Bitarelo Milani, natural de Bento Gonçalves (RS) tem apenas 18 anos e já está representando muito bem o Rio Grande do Sul e o Brasil por esse mundo afora. Único gaúcho selecionado para o Mundial de Escalada Esportiva 2010 que acontecerá em agosto desse ano na cidade de Edimburgo na Escócia, está correndo atrás de patrocínio e apoios para poder treinar e marcar presença nesse Mundial.


Quanto tempo você escala e como começou?

Aproximadamente uns 5 ou 6 anos. O esporte sempre me chamou a tenção, gostava dos filmes de andinismo que às vezes passavam na tv. Tem uma feira aqui em Bento Gonçalves (RS) onde há uns anos atrás o CMELG (Clube de Montanhismo e Escalada Leão Gropo) montava um muro e eu sempre ia escalar, embora tivesse um pouco de medo de altura. No último ano que o clube montou o muro, encontrei uma colega e perguntei onde ela escalava, e foi assim que soube da parede de escalada no Grupo Escoteiro onde encontrei o Fiorin e comecei a escalar. O Fiorin tinha um murinho de boulder lá.


Qual é tipo de escalada que te agrada mais?

Gosto bastante de escalada esportiva, me agrada escalar negativos, eles me fascinam! Mas tento escalar de tudo um pouco. Quando vou a lugares com possibilidades de vários tipos de escalada tento escalar tudo.


Os negativos são uma característica forte das vias ai da serra não?

Sim. A Gruta da Terceira Légua Caxias do Sul) e o Salto Ventoso (Farroupilha) têm muitos negativos e muitas vias animais.


E por falar em lugares, qual foi o lugar mais massa que tu já escalou?

Nossa! Essa pergunta é chata de responder. Hehehe. Todos os lugares que escalei tem algo especial. Não sei responder essa, mas a minha estada em Minas foi muito legal. Me criei no salto e a gruta, isso foi bastante importante para a minha evolução, sem contar no Marins que é um lugar muito lindo. Bagé com lindas vias, enfim...


E via, tem algum que tenha te marcado? Alguma cadena em especial?

Tem uma via que eu sempre achei linda que é a Eletro Erosão, mas ainda não encadenei ela.

Falando em cadenas, acho q a via que eu mais gostei foi a Herege (9ª) em Caxias do Sul (RS).


E algum projeto no momento?

Estou de olho na Navalha, mas ela não é tão fácil. Também nunca entrei nela com toda minha força, uma vez entrei cansado e na outra acabado depois de mandar outras vias na gruta.


Pq a herege foi a que mais gostou?

Então, o Herege foi meu primeiro 9a. A via inteira é linda, toda as agarra são boas, é o tipo de via que te deixa fascinado, a inclinação dela, os movimentos a tornam linda. Realmente ela marcou uma fase da minha escalada e conseqüentemente entrei em outra... hehehe.


E quando foi sua primeira competição ? Lembra sua colocação?

É engraçado falar da minha primeira competição. Foi uma etapa do bento gonçalvense que aconteceu no sitio do Panda, um escalador de Bento Gonçalves. Entrei como iniciante e fiquei em 3º, pena que só tinham 3 competidores, hehehe. Nos campeonatos eu nunca tive muita sorte, talvez por afobação, não sei. Acredito que o Open de escalada de Bento, que teve a presença de vários escaladores do estado, como o Vini, o Dioni, acabei dando o passo maior que a perna. Esse ano estou com sorte.


E como foi agora a seletiva para o mundial que você participou?

Quando se esta em um campeonato sempre se busca a vitória, o lugar mais alto no podium.

Como o Felipinho (Felipe Camargo) estava competindo, sabia que seria um páreo duro buscar ele, sem contar com o pessoal do mundial do ano passado. Eu estava confiante. Tinha treinado bastante e acredito estar na minha melhor forma física e felizmente consegui o segundo lugar.


Segundo ano que você estava participando das seletivas?

Isso, no primeiro fiquei em 5º. A final começou pelos melhores classificados e a ordem era o Felipe eu e Jonas, depois os outros que de cabeça não me vem os nomes. Então vi praticamente todos escalarem. Fiquei sabendo do resultado em seguida, embora tenha sido muito apertado.


O que esse segundo lugar te rendeu?

O segundo lugar me rendeu a bolsa de treinamento no Projeto Pró Escalar - com sede em Curitiba (PR) - com acompanhento de técnicos, preparadores físicos, uniformes e toda uma gama de profissionais que estão ajudando a seleção.


E essa bolsa te dá direito a que? Como vai funcionar esse treinamento? Você é de Bento e a sede é em Curitiba.

O treino acontece em Curitiba, mas acontece uma vez a cada dois meses se não estou enganado, até o mundial que acontecerá na Escócia. A principio tudo esta saindo do paitrocinio, mas estou em busca de patrocínio e apoios.


Quando será o Mundial?

Em Agosto. Prefiro pensar menos no mundial e mais nos meus treinos que o pessoal de Curitiba manda para mim. Como aconteceu na seletiva, se eu me preparar bem tenho mais chance de conseguir um bom lugar no mundial.


Então agora você faz parte da Seleção Brasileira Juvenil de Escalada?

Sim. O único gaúcho a fazer parte da seleção brasileira.


Então vamos falar do mundial em questão de verbas. Por enquanto da seleção você ganha os treinamentos, acompanhamento, uniformes... Mas para viajar até o Mundial você precisará bancar? Viajem, alimentação e tal?

Sim, tudo é por minha conta. Apenas o primeiro lugar tem ajuda de custo. Por enquanto tenho que bancar tudo.

E você está buscando patrocínio então?

Isso. Entreguei o projeto para algumas empresas de Bento Gonçalves que sei que ajudam atletas, mas por enquanto nada até agora.


Alguma restrição da seleção quanto ao uso de alguma marca do seu patrocinador estampada na sua camiseta ou colete, algo assim? Durante as competições?

Falando com o Anderson Gouveia que é o técnico, ele comentou que os patrocinadores precisam obedecer um tamanho X.


Isso é importante para as pessoas e empresas que se interessarem em te patrocinar e apoiar saberem...

A principio como não tenho ajuda financeira do projeto, estou liberado a colocar meus patrocinadores na camiseta, saco de magnesio e se não me engano posso colocar a logomarca no calçao e na calça.

Seguidamente estou colocando reportagens no jornal de Bento Gonçalves, quando eu tiver o patrocínio e apoio, com certeza ele aparecerá comigo nas reportagens.


E como andam teus treinos?

Agora estou adaptando o treino porque ele acabou sofrendo algumas modificações. Estou treinando no ginásio de Bento e já fui duas vezes à Curitiba para fazer alguns testes para depois comparar e também para elaboração dos meus treinos.


Para finalizar. Algum escalador que te incentive, que te sirva de inspiração?

Nossa, essa é muito fácil. O sul possui grandes escaladores como o Thiago Balen, Vini Todero, Dioni Capellari que foi meu treinador aqui em Bento, o Paulo que também me deu algumas aulas e o Diogo quando escalava.


Filme de escalada?

Progression.


Point de escalada que deseja conhecer?

Siurana na Espanha (pensando grande). Cipó (Minas Gerais) e Corupá (SC).


Inspiração na vida?

Escalada.


Família?

Sempre apoiando.


Uma frase pra finalizar.

Tem uma que eu gosto muito.

"As montanhas não são estádios onde satisfazemos nossa ambição esportiva, mas sim catedrais onde praticamos nossa religião". Anatoli Bourkrev


Dados pra contato para quem quiser conhecer o teu projeto.

(054) 91168313

(054) 37010761

bitarelomilani@hotmail.com


Espero que esse PAITROCÍNIO se transforme em PATROCÍNIO.


A entrevista completa estará nas páginas da edição de julho da Revista Sul Sports.

Fotos: João Paulo Lucena (http://terra-australis-br.blogspot.com/), Altamontanha e Radamés Perin.

Um comentário:

User disse...

mtooo bom garoto!! =) continuee... representaa! vlwss